que vem torpor

olhos embaçados no espelho
existe uma vontade de pedaços
cacos de vidro

ela entoa mantras de cadáver
ressoam escorridos pelo corpo
socos no estômago

pulsos frios, pés encolhidos
mais de dor que de prazer
somente dor
somente dor
somente dor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s