de volta aos sonhos

Eu me dirijo, movendo este guidão flutuante por uma estrada contínua e reta. Não tenho pressa, mas não me demoro, eu vou chegar e buzinar na sua porta. Tem uma encomenda na sua caixa de correios, está embrulhada num papel pardo que será rasgado com uma curiosidade incontrolável. Tem uma capa em tons de arco íris chapados nesta gravura mal feita. As páginas tem espaços vazios onde você vai anotar suas considerações e teorias sobre os versos, até o nonsense vai fazer uma lógica dentro do cérebro. Eu não desisto de inventar contramãos e desvios de escape pra não ficar óbvio o clichê das minhas mãos. E se tiver chovendo, vai molhar e derreter as letras que escorrem como os desejos embaixo da cachoeira de sensatez que abriu quando viramos a torneira. Não coube no três por quatro do meu quadro, do meu quarto, da minha janela. A fotografia fugiu pra fora da moldura quando o sorriso ficou grande e a certeza sufocou as dúvidas. Mas as paredes estão brancas esperando os pregos serem pregados, as aquarelas serem pinceladas, as fotografias serem revelados e a exposição começar sexta feira às sete horas da noite com luz amarela e vinho falso e teclados de um rock velho e mal passado. Essa carne que eu dispenso num sopro, num assobio, num suspiro. Eu respirei fundo com o diafragma dilatado, sem segurar no pulmão o que precisa ser da alma. E quando soltar em pontadas agudas vai ser um cântico leve num timbre que toca os ouvidos como um pincel molhado no papel limpo da aquarela ou como um beijo calmo que encosta devagar no desejo que aguarda ansioso pelo gosto de paraíso. Uma vida inteira de espera que se desfaz em um segundo, rasga-se na linha do tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s