ainda rabiscar

pintei sete maravilhas
com pincéis nos dedos leves
fiz caminhos de mapas antigos
rios escorregando em cheias
sem pedras e sem pedras
desenhei foi uma tatuagem
desabrochada em poesia
riscos que ficaram em comichão
seus ombros vão lembrar-me
por onde passei erosão
minha obra na sua pele
até de manhã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s