autodestruição

todo dia somos violência invisível
somos lama da pior categoria
contaminados de ego e falácias
nosso peito é atravessado
por avalanches e tiroteios
nosso sangue continua morno
matamos nossa humanidade no prato
com facas cegas e mordidas avarentas
todo dia somos terroristas do mundo
todo dia assassinamos os bons dias
derrubamos as barragens do respeito
mas mantemos nossos muros levantados
mesmo na dor do luto estamos sós
não sabemos compartilhar dor
e na falta de uma qualidade cara
ficamos destruídos acusando uns aos outros
somos culpados por doer a morte do rio
somos isentos de perdão nas chacinas
amanhã sua vida continuará pagando as contas
é o preço desumano de ser indivíduo
no mundo grotesco capital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s