soma

quanto de mim e de você
será preciso desmanchar
nessa parede a envelhecer
como uma tinta a descascar

quanto de mim e de você
será preciso se perder
nesse labirinto que
arquitetamos tão bem, tão bem

quanto de mim e de você
será preciso desfazer
esse emaranhado de nós
que costuramos com prazer

quanto de mim e de você
será preciso se rasgar
como os trapos velhos
que acumulamos, meu bem, meu bem

quanto de mim
Quanto de você
é a medida ideal
pra se fazer amor
pra se desfazer

quanto mais de mim
quanto mais de você
a gente subtrai
nessa conta que
não é da conta de ninguém

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s