voos sobre tapetes estampados

as bolhas explodem
com sons de tambores
ruflam os peitos aos pares
bocejos explodem
e fica um mar contagioso
um sono tragado e uma nuvem
redemoinhos de fumaça
sonhos explodem
como tapas em ombros queimados
mas você passa e não me olha
mas eu olho e até faria um samba
com uma corda faltando
solta o mi que eu fico só
corações explodem
embaixo da língua
com cores de por do sol
toalhas na grama
são tapetes voadores
você deita e não me olha
mas eu olho e até canto junto
o último romance
as luzes explodem
quem era você na fila do pão?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s