a linguagem das baleias

mergulho nas águas escuras do peito
quando a audição se apaga
e os sentidos acendem no breu
tem uma contagem algorítmica
rouquidão alerta e repetida
espero a pausa ou o estopim
me perco nos números de sons infinitos
ocultos nas células dos tímpanos
são oceanos profundos dos nossos abraços
enquanto você dorme apertado em mim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s