trilha moderada ao meio dia

indizível é o caminho da floresta
os pés levam a intuição
tão brusco o compasso da vida
pulsão dos joelhos cansados
veredas paradas e sutis
seus galhos me acolhem
um silêncio terrível
que sibila seus seres imagináveis
cobras e peçonhas me observam
enquanto me dobro para a montanha
uma reverência sagrada que se faz
humanidade perante natureza

jogo de frágeis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s