Retratos de uma viagem

Dez horas dentro do ônibus são o suficiente para bagunçar o ócio criativo. Os feixes de luzes de leitura me bastaram para retratá-los enquanto íamos de Syrius B à fazenda ilhada da psicodelia.

Gratidão pelas parcerias!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s