clarão dos olhos

está claro quando nos fitamos: as luzes acendem
os pulmões acendem grandes fogueiras
pegamos fogo
perdemos o ar
as faíscas sobem pela garganta
queimam as palavras no caminho
o silêncio se incendeia
brilham chamas pelos olhos
ficamos hipnotizados pelo calor

até que piscamos

feito um jato d’água
apagamos o tiroteio de fagulhas
voltamos a respirar fumaça
como se nada tivesse sido dito

mas foi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s