(re)fluxus

A coletânea “(re)fluxus” é composta de poemas escritos sob fluxo de consciência, uma técnica utilizada quando o compositor literário traz à tona palavras, pensamentos e sentimentos imediatos, sem racionalizar a estrutura textual. Junto a esta técnica, combinam-se o pessimismo, a putrefação, a melancolia, a ode à morte como aspectos metafóricos da depressão.

Leia: (re)fluxus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s