Letícia Helena

Um ensaio de improviso que captou a essência do estereótipo da mulher selvagem. Modelo: Letícia  Helena Grellmann

broto de feijão

tem semente não
pra crescer broto
ventre ainda vazio
de maria e de joão

nem tem pé nem mão
sem correria na sala
ou qualquer estripulia
de subir em pé de feijão

meço pulso no coração
sou lamento e alívio
mas sei que de amor
não se morre em vão

exposição ‘estética como objeto do corpo’

Exposição do projeto “Estética como objeto do corpo” durante a vernissage, na Casa do Lago.

Registro de Márcio Massamitsu Ota.